domingo, 22 de março de 2015

Frida


Frida Kahlo, uma existência única e intensa, uma mulher à frente de seu tempo e até mesmo das vanguardas artísticas das quais fez parte, como o surrealismo. 

Falar sobre a importância de Frida é cair no lugar comum. Falar que sua vida foi uma tragédia que ela tratou de embonitar, todos sabem. Afirmar que ela saiu do estilo naïf para o surrealista não importa, logo que Frida nunca foi nenhum dos dois. Frida foi Frida, e somente Frida. Sua obra transcende os enquadramentos pedagógicos que tanto conformam os corações dos loucos por substantivos e denominações.

Essa é uma homenagem, um presente de aniversário de casamento para uma fã de Frida Kahlo, como eu. A reprodução estará na lojinha em breve ;).




Bisous.

sábado, 7 de março de 2015

Sobrevivo à base de lápis de cor e papel canson



Depois de meses sem escrever por aqui, mais precisamente três meses, volto com a mesmíssima temática, mimimi desilusão com o mundo e o porquê de não querer mais aceitar encomendas desenhísticas. 

Olha eu até recebo, abro mão, mas daí me aborreço, porque é sempre a mesma lorota. A pessoa me procura, às vezes eu chego até a fazer o trabalho e a pessoa some ou se faz de louca e eu que fique a ver navios, e não são os naviozinhos fofinhos da propaganda da Faber Castell.

Acho que a fada das cores está chateada comigo, porque ando meio desestimulada a continuar na empreita de artistinha sem mecenas, por conta própria coisa e tal. Mas eu não posso desistir, porque eu preciso e eu amo desenhar e colorir a vida. 

Mas, como falei no outro post, eu não sobrevivo à base de lápis de cor e papel canson. Seria mais fácil se fosse possível sobreviver, mas não é. 

Então, sejam bonzinhos e só me procurem se realmente for sério. 

Fico me perguntando se todos os desenhistas, ilustradores como eu passam por situações assim.

Inté.

Imagem: Do meu IG pessoal, encomenda de gente querida.


terça-feira, 23 de dezembro de 2014

Não faço mais encomendas



Na verdade só farei encomendas de uma única pessoa, uma querida que me acompanha faz três anos. A única, sem exceção. 

Pois é, decidi, para o bem estar de minha saúde mental, não aceitar mais encomendas de ilustrações personalizadas, por conta de um monte de situações chatas que aconteceram ao longo do ano que, infelizmente, superaram as coisas bacanas.

Passei por algumas situações rídiculas, tipo, procurarem pra fazer uma ilustração, em que cheguei a fazer o esboço, sem ser paga, e daí a persona desistiu e queria me pagar apenas o esboço. E outra que faria uma encomenda grande, depois de muitos e muitos e-mails sem respostas à contento, sumiu.

O meu trabalho como desenhista é um trabalho, tá? É o meu trabalho. Eu não vivo num mundo encantado em que as contas se pagam sozinhas, eu não me alimento de lápis de cores e papel canson.

Duma outra vez, faz uns dois anos, uma pessoa me procurou através do IG, trocamos e-mail, esclareci tudo, valores etcetera coisa e tal. Como sou trouxa, fiz três artes para que a fofinha escolhesse, de novo sem ser paga. Daí a pessoa veio com uma conversa fiada de que estava caro, daí queria me pagar uma esmola pelos esboços, que por sinal eu já enviara em alta resolução. Por fim, a cria ruim teve o desplante de me pedir pra usar a minha arte, a ideia, a concepção e passar para outra pessoa fazer. 

Eu me senti tão mal, sabe? É dose fazer algo que se ama, mas passar por este tipo de aborrecimento , coisa tão pequena.

Inté.

Imagem: encomenda de gente linda ♥.

domingo, 30 de novembro de 2014

Blanco - Aquarela em moleskine


Quase um ano sem postagens depois de tanto prometer, mas eu sou humana e falha, minha gente. E este ano foi muito falho e difícil. 

Não foi por falta de desenhar que não postei nada por aqui, pelo contrário, foi por excesso de trabalho, os meus dois trabalhos, como desenhista e como professora, que não consegui dar a atenção que eu queria ao meu bloguito de desenhos.

Mas agora, como estou mais organizada, não deixarei o La Coloriste sem postagens.

Só não vou prometer, tá?

Bisous.

Imagem: aquarela em moleskine.

quinta-feira, 9 de janeiro de 2014

Cabeça de Noiva


Faz três anos que uma pessoa lindalindalinda sempre me chama para colorir moças de véu e grinalda (às vezes birdcage!) de bochechas de blush em seu dia mais feliz. É sempre uma alegria danada de boa trabalhar com gente feliz, em dias que a lembrança é pura felicidade.

Obrigada Thienny :) ♥.

Bisous.

quarta-feira, 25 de dezembro de 2013

Camafeus La Coloriste e suas fofurices ♥


Cada camafeu La Coloriste é feito com muito carinho, editado no PhotoScape pela minha erê talentosa Vivi (ou Evy) Alves. 

Mas aqui a gente gosta de caprichar um pouco mais! Cada camafeu viaja até sua nova casa em uma caixinha de madeira, pintada a mão com bolinhas.


Dentro da caixinha, para proteger o camafeu, vai um embrulhinho de papel de seda, todo fofinho.


No verso da caixinha de madeira nossos corações e agradecimentos.


E daí é só encontrar o seu camafeu.



Fofurices, né? ♥



Para comprar vai lá na lojinha.

Bisous.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...